Política

TSE libera uso da imagem de Mônica Moura na campanha de Bolsonaro

Redação
Escrito por: Redação
A ex-marqueteira do PT tentou impedir que o capitão reformado usasse a imagem dela, mas o Tribunal Eleitoral negou a solicitação.

ministro Luís Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), indeferiu um pedido feito pela ex-marqueteira Mônica Moura para que Jair Bolsonaro deixasse de seguir usando a imagem dela na propaganda eleitoral do PSL.

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha, um dos anúncios da campanha do capitão reformado mostra um vídeo da delação premiada de Mônica Moura, na qual ela afirma que a campanha de Fernando Haddad para prefeito de São Paulo, em 2012, usou caixa dois.

Mônica Moura é casada com João Santana, que foi responsável pelo marketing das campanhas de Lula e Dilma Rousseff à Presidência da República, além de ter ficado à frente da campanha de Haddad, conforme mencionado no parágrafo anterior.

João Santana e Mônica Moura foram presos na Operação Lava Jato e, após acordo de colaboração, obtiveram prisão domiciliar. Em abril do ano que vem, o casal vai passar para o regime semiaberto.

Imagem: Reprodução

Com informações do Notícias ao Minuto

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: