Vai morar só? Aprenda a lavar roupas com mais praticidade

Com alguns cuidados simples, é possível economizar tempo e dinheiro na hora de deixar as peças limpas

 Seja para estudar ou para buscar independência, morar sozinho é uma aventura. Entre os desafios está conciliar a rotina com os cuidados da casa. Lavar, secar e passar roupas são tarefas do dia a dia, mas que demandam tempo e paciência, sobretudo para quem ainda está aprendendo a não manchar as peças. Angelo Max Donaton, CEO da Lavô, maior rede de lavanderias self-service do país, destacou algumas dicas para facilitar a rotina e economizar no orçamento de quem está “saindo do ninho”. 

Quanto mais sabão, pior – A equação parece simples: quanto mais sabão em pó e amaciante, mais cheirosas e limpas as peças, certo? Errado. O excesso de produto pode até manchar as peças, sobretudo as roupas claras. Caso isso aconteça, deixe-as de molho na água e depois repita o processo de lavagem. Mas para evitar o trabalho dobrado, vale a pena ler o rótulo e utilizar a quantidade adequada de produto. 

Comprar máquina de lavar vale a pena? Os gastos de quem está montando a primeira casa são astronômicos. Com a lista de móveis e eletrodomésticos para comprar, além de reformas e ajustes necessários de última hora, surge a dúvida: o que comprar primeiro? Cada vez mais pessoas deixam a máquina de lavar para depois e, inclusive, muitos apartamentos até aboliram a área de serviço e estão investindo em lavanderias próprias. Será um bom negócio? 

É preciso colocar os gastos na ponta do lápis: uma máquina doméstica custa a partir de R$ 1,5 mil; já um ciclo de lavagem de 10 quilos de roupa na maior rede de lavanderias self-service do país custa R$ 14 reais. Ou seja, o valor de um equipamento equivale a cerca de 100 ciclos ou 1 mil quilos de roupa. Para quem vai morar sozinho, pode ser uma opção viável para ganhar tempo sem comprometer o orçamento. 

Separar roupas é chato, mas necessário – Apesar de parecer um trabalho extra, é muito importante separar as peças brancas das coloridas e o motivo é simples: as roupas coloridas podem desbotar e soltar pigmentos na água que, ocasionalmente, podem causar pequenas manchas ou até mesmo transferência de cor. Não é uma experiência nada agradável colocar uma peça branca na máquina e retirar uma versão em “tie-dye”. No entanto, hoje já existem lenços que são colocados na máquina e que prometem impedir que as peças fiquem manchadas. 

Guardar sem passar? A função do ferro de passar é desamassar e esterilizar as peças, muito importante para roupas íntimas. Por isso, em alguns casos, é essencial No entanto, quem opta por secar as roupas na lavanderia ganha uma vantagem: dobrar e guardar direto da máquina. Na maior rede self-service do Brasil, a Lavô, as secadoras eliminam 99,9% de fungos e bactérias em cerca de 40 minutos e as peças saem praticamente passadas, prontas para voltar ao guarda-roupa. 

Sobre a Lavô

A Lavô é a maior franquia de lavanderias self-service do Brasil. Inaugurada em 2018, entrou para o franchising em 2020 e já conta com mais de 450 unidades pelo Brasil. Com a missão de democratizar e simplificar o serviço, a franquia dispensa funcionários e pode ser gerenciada à distância, através do sistema online. Em 2021, a rede faturou R$ 8 milhões de reais e para 2022 a expectativa é alcançar R$ 10 milhões e 750 lojas.