Z1 Cidades

Votorantim: Família faz campanha para mulher com 230 quilos realizar cirurgia bariátrica: ‘É a minha única saída’

Redação
Escrito por: Redação
Moradora de Votorantim (SP) relata dificuldades de locomoção e ajuda dos irmãos em tarefas do dia a dia. Pedido na Justiça por procedimento foi negado por falta de acompanhamento médico.

A rotina de Ana Paula dos Santos, de 39 anos, tem sido a mesma nos últimos três anos. Pesando 230 quilos, a moradora de Votorantim (SP) mal consegue se levantar da cama. Para fazer uma cirurgia bariátrica, sua esperança para perder peso, ela precisa de R$ 10 mil.

O valor, segundo a família, seria o suficiente para custear a estadia em Curitiba (PR), cidade onde o procedimento é realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ana Paula confessa que está com medo da cirurgia por causa do peso, mas entende a importância do procedimento para a saúde. “É a minha única saída”, explica.

Para arrecadar dinheiro, ela postou um vídeo nas redes sociais contando a sua história e pedindo doações. Além disso, a família têm feito rifas e bazares no bairro onde mora, como a realizada no último sábado (7).

“Aproveito esses eventos e convido as pessoas para virem me conhecer, porque alguns acham que é mentira [condição de saúde]. Então peço para virem me ver, me visitar”, conta Ana Paula.

No total, a família já arrecadou cerca de R$ 2,5 mil e tem esperanças de conseguir o restante do dinheiro o quanto antes.

“Estamos confiantes. A gente sabe que existem riscos na cirurgia, mas é a única esperança da vida dela”, diz Edith dos Santos, irmã mais velha de Ana Paula.

Rotina

Pesando 230 quilos, Ana Paula conta que sofre com o aumento de peso desde criança, mas que a situação piorou depois da morte do pai e da mãe, há anos.

Ainda segundo ela, os pais tiveram as pernas amputadas em decorrência de uma trombose causada pela diabetes, consequência da obesidade. Ana Paula enfrentou ainda uma depressão, que também afetou a sua saúde.

Por conta da dificuldade de locomoção, Ana Paula conta com a ajuda dos irmãos em seus cuidados diários.

“Cuido porque eu criei ela, sou a irmã mais velha. Tenho ela como uma filha, cuido com muito amor, mas me entristeço de ver ela nessa situação”, desabafa Edith.

Em entrevista ao G1, a moradora de Votorantim diz que não sai de casa para um passeio há muito tempo e fica boa parte do dia deitada. “Sinto falta de ar ao fazer um mínmo esforço, mas tento levantar um pouco para fazer algumas tarefas”, conta.

Justamente pela dificuldade em se locomover, Ana Paula não têm tido acompanhamento médico. A irmã afirma que chegou a procurar a assistente social do posto de saúde do bairro Jardim Cerrano para pedir atendimento em casa, mas, segundo ela, a solicitação foi negada.

“Falaram que para receber esse tipo de atendimento o paciente precisa estar acamado e usando fraldas”, diz.

Ação na Justiça

Há dois meses, Ana Paula entrou com uma ação na Justiça contra a Prefeitura de Sorocaba e o Estado pedindo o direito à cirurgia bariátrica. Entretanto, como ela não estava passando por acompanhamento médico, o pedido foi negado.

G1 procurou a Prefeitura de Votorantim, que informou que a realização ou não da cirurgia bariátrica é de competência do Estado, assim como a seleção dos pacientes que vão se submeter ao tratamento, desde que sigam os protocolos estabelecidos pelo Estado.

Ana Paula confessou que tem medo de realizar a cirurgia bariátrica por causa do seu peso (Foto: Arquivo pessoal )

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, o processo foi extinto e não chegou até eles, já que Ana Paula não passou por atendimento médico na rede pública de saúde.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), o número de cirurgias bariátricas realizada pelo SUS cresceu 215% entre 2008 e 2017. Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo representam 82% dos procedimentos na rede pública.

Agora, Ana Paula e os irmãos esperam arrecadar o dinheiro para realizar a cirurgia em Curitiba o quanto antes. “Eu estou correndo contra o tempo pela minha vida”, finaliza.

Imagem: Arquivo pessoal

Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: