Z1 Cidades

Votorantim: ‘Mandava eu fingir que era esposa’, diz mulher raptada e estuprada ao sair de casa com o filho

Redação
Escrito por: Redação
Vítimas foram rendidas na noite de domingo (26) e ficaram várias horas sob ameaças em carro. Agressor foi preso dias depois ao furtar loja de roupas, em Votorantim (SP).

A mulher de 34 anos raptada e estuprada ao sair de casa com o filho para comprar remédios, em Votorantim (SP), na noite de domingo (26), afirma que foi abordada dentro do carro, no bairro Icatu, e teve que fingir ser esposa do agressor para não ser morta durante as horas nas quais esteve sob ameaças. Ele foi preso na terça-feira (28).

Em entrevista ao G1 nesta quarta-feira (29), a vítima, que teve a identidade preservada, lembra que, por volta das 22h40, esperava o filho de 13 anos voltar ao veículo com as chaves para irem à farmácia. Nesse meio tempo, o rapaz apareceu na janela com um facão, entrou no carro e aguardou o menino chegar para também rendê-lo.

Mãe e filho tiveram que se sentar no banco do passageiro e no banco de trás enquanto o rapaz dirigia por várias ruas da cidade. Segundo a vítima, ele passou por pontos de venda de drogas, usou cocaína, ingeriu bebida alcoólica e disse que pararia na rodoviária de Sorocaba, o que não aconteceu.

“Em determinado momento, meu filho foi colocado no porta-malas e tive que entrar com ele em dois hotéis. Eu não consegui gritar, porque ele mandava eu dizer que era da família, mandava eu fingir que era esposa. Foi desesperador, mas não tive o que fazer até aquele momento”, diz.

No entanto, os abusos não ocorreram nos estabelecimentos. Ainda segundo a vítima, o agressor estava com receio de ser descoberto. Por volta das 4h, o combustível do veículo acabou em uma rua, e ela foi levada para um matagal e violentada. O menino ainda estava trancado no porta-malas.

Oportunidade de fuga

Mesmo após os abusos sexuais, o rapaz fez a mulher entrar no carro, voltar para casa e pegar R$ 200 que estavam guardados. Os parentes dormiam e mal perceberam a ação dentro do imóvel.

Novamente nas ruas e com um facão no pescoço dela, o veículo parou na região da Rua Campos Salles sem combustível. Os três seguiram para um posto de combustíveis, local onde houve a oportunidade de pedir ajuda.

“Peguei na mão do meu filho e corremos para a conveniência. Ele [criminoso] dizia para todo mundo que eu era a esposa e estava drogada. Minha sorte foi que esqueceu o facão no carro. Esse homem é um psicopata”, conta.

Prisão

Na segunda-feira (27), o criminoso foi flagrado por câmeras de segurança ao tentar furtar uma loja no Centro de Votorantim. Policiais militares o reconheceram na rua no dia seguinte com as características das imagens e o prenderam.

A Justiça aceitou o pedido de prisão temporária e o agressor foi encaminhado à unidade prisional de Pilar do Sul.

Imagem Reprodução /  Carlos Dias/G1
Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: